Popular
Expulsão
Assis Carvalho afirma que PT vai expulsar infiéis de 2018
O vice da cidade de Paulistana também é considerado infiel.
11/02/2019 15h08Atualizado há 2 meses
Por: Direto da Redação
Fonte: Portal Integação
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
 

Uma comissão especial no PT abriu processo de expulsão de membros do partido que foram infiéis na eleição de 2018. Segundo o presidente da sigla, o deputado Assis Carvalho, é preciso se cumprir o estatuto do partido.

“O PT vai cumprir os estatutos que foram aprovados em Congresso. Como presidente não posso abrir mão disso. Existe uma comissão cuidando desses casos”, declarou.

Entre os que serão expulsos está o prefeito de Francisco Santos, que declarou apoio a Luciano Nunes ( PSDB). O vice da cidade de Paulistana tambem é considerado infiel.

Sobre a participação do partido no governo de Wellington Dias, Assis afirma que o partido ainda vai discutir. Mas lembra que o PT tem uma das maiores bancadas da Assembleia.

“O PT não tem temor. O PT sabe do seu papel. Vamos discutir na hora oportuna. O PT não pauta isso por enquanto. Temos aguardado a reforma administrativa. Quando o assunto estiver na mesa, vamos discutir dentro do tamanho que somos. É só lembrar que o PT praticamente quase dobra sua bancada estadual”, declarou Carvalho.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.