Popular
De volta
Fábio Abreu pode reassumir Secretaria de Segurança
A intenção é, ainda de acordo com Dias, não chamar quase nenhum parlamentar da Câmara ou da Alepi para ocupar um cargo no Executivo.
10/02/2019 10h14
Por: Direto da Redação
Fonte: Oito Meia
Deputado Fábio Abreu (Foto: Ricardo Moraes/OitoMeia)
Deputado Fábio Abreu (Foto: Ricardo Moraes/OitoMeia)
 

O governador Wellington Dias (PT) deve se reunir com os parlamentares da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) nesta segunda-feira (11/02) para discutir alguns pontos da reforma administrativa. A medida visa reduzir em até R$ 300 milhões as despesas do Estado. Uma das medidas já anunciadas pelo petista é o corte de algumas pastas. Com isso, alguns deputados da base governista não devem ser convocados para assumir alguma pasta. A intenção é, ainda de acordo com Dias, não chamar quase nenhum parlamentar da Câmara ou da Alepi para ocupar um cargo no Executivo.

Contudo, em entrevista ao OitoMeia, o deputado federal Fábio Abreu informou que as negociações para sua volta à Secretaria de Segurança do Piauí já estão bem avançadas e que ele pode voltar a ocupar o cargo de secretário em breve. “Há uma conversa a respeito da possibilidade de voltar para a Secretaria de Segurança. E está bem adiantada. Acredito até que a gente possa realmente retornar para a Secretaria de Segurança”, analisou o deputado federal durante entrevista à nossa reportagem.

18 ÁREAS SERÃO CORTADAS

O governador Wellington Dias (PT) deve se reunir na próxima segunda-feira (11) com os deputados estaduais para apresentar aos parlamentares a reforma administrativa que prevê a redução de R$ 300 milhões nas despesas do Governo do Piauí. À imprensa, o petista adiantou que cerca de 18 áreas serão reduzidas para gerar tal economia. As declarações foram dadas durante a inauguração do Rodoanel de Teresina que liga às BRs 316 e 343.

“Na segunda eu vou estar apresentando aos parlamentares, que comigo têm a tarefa de dividir a responsabilidade, como base do governo, mas também quero ir à Assembleia apresentar aos deputados que são da oposição e espero que a gente tenha o entendimento para que possamos votar muito rapidamente e ter a aprovação. Respeitando, claro, a ordem de analise dos projetos da Assembleia. Enfim, espero que possamos muito rapidamente ter a aprovação”, destacou Wellington Dias

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.