Popular
VLTs

Piauí vai ter um dos trens mais rápidos do país

O primeiro Veículo Leve sobre Trilhos (VLTs) de Teresina, composto por três carros (vagões), começará a funcionar em viagem inaugural nesta segunda-feira (04).

02/06/2018 12h56Atualizado há 1 ano
Por: Redação II
Fonte: Cidade verde
Um dos vagões VLTs
Um dos vagões VLTs

O primeiro Veículo Leve sobre Trilhos (VLTs) de Teresina, composto por três carros (vagões), começará a funcionar em viagem inaugural nesta segunda-feira (04).

O secretário de Transportes do Estado, Guilhermano Pires, diz que está estudando a possibilidade de colocar policiais militares para fazerem a segurança dentro do transporte, como forma de inibir a prática de depredações ou mesmo de assaltos e roubos.

Guilhermano disse também que o percurso realizado pelo VLT será o mesmo já existente, executado pelo transporte metroviário da capital, que faz linha do Centro para o Bairro Dirceu Arcoverde, na zona sudeste. Também salientou que o preço da passagem continuará o mesmo, R$ 0,80, e que terá capacidade para transportar até 600 passageiros nesta primeira etapa de projeto experimental.

“Quanto ao monitoramento está incluída a possibilidade de colocar policiais a disposição para realizar esse processo da segurança. Está sendo traçando um programa estratégico contra vandalismo.

Estamos analisando a possibilidade de colocarmos policiais militares para fazer a segurança do local, para ficarem dentro dos VLTs, e também nas estações de parada, mas isso é a Secretaria de Segurança que deve definir ao certo como será feito”, esclareceu o secretário.

Este VLT é o primeiro dos três que foram adquiridos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans). Guilhermano acredita que até setembro os três já devem estar em pleno funcionamento na capital.

“Os outros dois devem chegar no final de junho ou início de julho. Com a chegada deles, os antigos vão sendo retirados de circulação. Acredito que até setembro os antigos serão todos retirados”, disse.

Além disso, o gestor afirmou que está sendo elaborado um projeto básico de licitação que deve ficar pronto e ser lançado ainda este ano, A licitação prevê a revitalização dos trilhos, a duplicação das linhas dos VLTs, reforma de nove estações, construções de mais quatro ferrovias que inclui a construção de uma sobre o Rio Poti e um centro de controles.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.