TREVO e ALMEGA
cirurgias eletivas

Governo do Piauí autoriza retomada gradual das cirurgias eletivas

Para a retomada, o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reforça o pedido de cautela da população.

16/02/2021 10h07
Por: Direto da Redação
Governo do Piauí autoriza retomada gradual das cirurgias eletivas
Governo do Piauí autoriza retomada gradual das cirurgias eletivas
 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) confirmou o retorno, a partir desta segunda-feira (15), dos procedimentos cirúrgicos eletivos ambulatórias em todos os estabelecimentos públicos do estado, que estão sob gestão da Sesapi.  As cirurgias eletivas não urgentes estavam suspensas por causa da pandemia da Covid-19. Uma medida adotada para ampliar o número de leitos para o tratamento da Covid-19 devido o crescente número de casos da doença no estado.  Mais de 5 mil pacientes aguardam por cirurgias eletivas no Piauí.

Os dados do Complexo Estadual de Regulação Ambulatorial (CERA) destacam que os hospitais com as maiores filas de espera no estado são:

Hospital Getúlio Vargas em Teresina

Hospital Infantil Lucídio Portela em Teresina

Hospital Regional Tibério Nunes em Floriano

As especialidades médicas com maiores filas são Cirurgia Geral e Ortopedia.

Retorno gradual

O superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, ressalta que a retomada acontecerá de modo gradual. O atendimento necessita de prévio agendamento, além de respeitar a fila de espera da regulação.

“O atendimento segue a fila de espera, com aqueles que já estavam com as consultas, exames e cirurgias agendadas, desde a paralisação. O objetivo é zerar algumas demandas o mais rápido possível”, diz.

Para a retomada, o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reforça o pedido de cautela da população. “Ainda estamos na pandemia e precisamos redobrar os cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus. Não podemos aglomerar”.

HGV

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) informou ao Cidadeverde.com que a lista de espera está com pouco mais de 4 mil pacientes.

O diretor do HGV, dr. Osvaldo Mendes, relata que as cirurgias eletivas no hospital retornaram no último sábado (13) com a realização de cirurgias bariátricas.

“Por dia são 50 procedimentos, sendo metade (cirurgia) eletiva e metade da regulação. Essa semana (estamos com a previsão de fazer) 91 cirurgias eletivas, de todas as especialidades. Estamos analisando os mutirões aos sábados para compensar o tempo (que passou) com as cirurgias atrasadas”.

Osvaldo Mendes ressalta que o hospital passou duas semanas – as primeiras de fevereiro – com as cirurgias eletivas suspensas devido a pandemia da Covid-19.

Hospital Infantil 

O Hospital Infantil Lucídio Portela informou que retornou as atividades em setembro de 2020 e, desde então, não suspendeu os serviços.

“Na época que estava sem fazer (cirurgias) eletivas, fazíamos 30 cirurgias ao mês. Agora, estamos fazendo em torno de 100 (cirurgias eletivas) por mês. Quando retornamos as eletivas

tínhamos 1.400 crianças na fila”, explica o diretor do hospital, dr. Vinicius Nascimento.

Tibério Nunes

O diretor do hospital, médico Justino Moreira, informou que, atualmente, 1.179 pacientes estão na fila de espera do Hospital Regional Tibério Nunes – em Floriano – para uma cirurgia eletiva.  “A fila total é esse número, mas a gente tem o predomínio de 70% de (cirurgia para) catarata”.

Fonte: Carlienne Carpaso / CidadeVerde

 

Barras - PI
Atualizado às 01h42
25°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 24°
25°

Sensação

9 km/h

Vento

88.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Popular novo
CENTRO MOVEIS
Anúncio
Municípios
POSTO SANTA LUZIA
SANTA LUZIA
Últimas notícias
Excelência Contábil
Mais lidas
Cantinho da Pizza