TREVO e ALMEGA
CORONAVÍRUS

Com Covid-19, Luciano Camargo não irá ao velório e enterro do pai, Seu Francisco

Seu Francisco morreu na noite desta segunda-feira (23); ele estava internado há mais de dez dias por causa de dores no intestino e chegou a ser operado

24/11/2020 11h12
Por: Direto da Redação

Diagnosticado com Covid-19, Luciano Camargo não irá ao velório e ao enterro do pai, Seu Francisco, que morreu na noite desta segunda-feira (23), aos 83 anos. As cerimônias serão realizadas nesta terça-feira (24) em um cemitério em Goiânia, Goiás.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do cantor, irmão e dupla de Zezé Di Camargo. Luciano contou que testou positivo para o novo coronavírus na última quinta-feira (19) e chegou a falar da preocupação com a saúde do pai.

"Oi, pessoal, vocês sabem o tanto que sou exagerado nos cuidados com a minha saúde e a de toda minha família, né? Principalmente em relação à Covid. Na semana passada, fui para Goiânia visitar os meus pais, passei 4 dias com eles e, assim como fiz em outubro, quando fui visitá-los, também realizei exames da Covid para poder ir com segurança. Afinal, todos sabem da fragilidade da saúde do meu pai e todo cuidado é pouco com ele...", escreveu o cantor em sua rede social.

Casado com a arquiteta Flávia Camargo, ele mora ainda com as duas filhas do casal, as gêmeas Isabella e Helena, de 10 anos de idade. Segundo ele, as três testaram negativo, fazendo com que ele siga isolado delas.

Morte de Seu Francisco Seu Francisco, pai de Zezé Di Camargo e Luciano, morreu na noite desta segunda-feira (23) aos 83 anos, "em decorrência de uma instabilidade hemodinâmica e parada cardiorrespiratória", de acordo com nota emitida pelo hospital. A notícia foi confimada para a Quem pela assessoria de imprensa da dupla, que mandou um comunicado oficial da família Camargo.

"Foi embora um homem simples, que deixou um grande exemplo de superação com um legado de honestidade", diz o texto. O velório será às 10h desta terça-feira (24) e o sepultamento às 17h, no Cemitério Jardins das Palmeiras, em Goiânia, Goiás, onde ele vivia. As cerimônias não serão abertas ao público por causa da Covid-19.