Popular
Combate a Hanseníase

Janeiro Roxo alerta sobre sinais e sintomas da Hanseníase

A transmissão se dá de uma pessoa doente sem tratamento, para outra, após um contato próximo e prolongado. A doença tem cura e o tratamento é gratuito e ofertado pelo SUS em todo o país. Otávio Veloso 19 minutos atrás 1 2 minutos de leitura

15/01/2020 09h06
Por: Direto da Redação
Reprodução- Janeiro Roxo
Reprodução- Janeiro Roxo
 

Em 2016, o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro e consolidou a cor roxa para campanhas educativas sobre a Hanseníase, uma doença crônica, transmissível, tem preferência pela pele e nervos periféricos, podendo cursar com surtos reacionais intercorrentes, o que lhe confere alto poder de causar incapacidades e deformidades físicas. A transmissão se dá de uma pessoa doente sem tratamento, para outra, após um contato próximo e prolongado. A doença tem cura e o tratamento é gratuito e ofertado pelo SUS em todo o país.

Na última década, o Brasil apresentou uma redução de 34,09 % no número de casos novos, passando de 39.047 mil diagnosticados no ano de 2008, para 26,8 mil em 2017. De forma semelhante, observa-se também a queda de 36,2% da taxa de detecção geral do país (de 20,29/100 mil hab. em 2008 para 12,94/100 mil hab. em 2017). Do total de casos novos registrados, 1,6 mil (6,72%) foram diagnosticados em menores de 15 anos, sinalizando focos de infecção ativos e transmissão recente, e 7,2 mil iniciaram tratamento com alguma incapacidade.

A dermatologista Loryenne Soares explica mais sobre o assunto. “A hanseníase é uma doença dermatoneurológica, que tem manifestação na pele, como a presença de manchas com alteração de sensibilidade. A parte neurológica vem do comprometimento dos nervos periféricos, responsáveis pela sensibilidade e motricidade. Por isso, a hanseníase é uma doença dermatológica que provoca alteração na sensibilidade da pele”, explica.

Segundo a dermatologista, os principais sinais e sintomas são: manchas na pele com alteração da sensibilidade térmica e/ou dolorosa e/ou tátil; comprometimento neural periférico em mãos e/ou pés e/ou face. Outros sinais e sintomas são: dor e sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços, mãos, pernas e pés; Caroços e inchaços no corpo, em alguns casos avermelhados e doloridos; diminuição da sensibilidade e/ou da força muscular de olhos, mãos e pés; áreas com diminuição dos pelos e do suor.

“É comum as pessoas falarem que estão com uma mancha dormente no corpo. Mas é importante ressaltar que nem sempre a mancha relacionada à hanseníase vai estar totalmente dormente, depende do tempo em que esta pessoa se encontra doente. As manchas podem ser esbranquiçadas, avermelhados ou amarronzadas, que não doem, não coçam e aparecem geralmente em lugares como as costas, braços, perna e rosto, mas isso não elimina outras áreas do corpo. É uma mancha que aparece no corpo e que muitas vezes as pessoas não se sentem incomodadas, por isso a importância estarem atentas para os sinais e sintomas da doença. Ressalta-se que também que há pessoas que podem estar doentes e apresentarem alteração neural, sem a presença de manchas”, ressalta a dermatologista Loryenne Soares.

Loryenne Soares também alerta para a transmissão da doença. “A hanseníase é uma doença milenar, possui um período de incubação longo e é transmissível. Então uma pessoa que possui Hanseníase do tipo multibacilar que não esteja em tratamento transmite a doença, geralmente para quem está mais próximo. São as pessoas que moram com o doente sem tratamento ou que convivem por um período prolongado e contínuo que tem maior chance de adoecer. A doença é transmitida por meio das vias aéreas superiores, como tosse e espirro. As pessoas ficam muito receosas em estar perto de quem tem a doença, mas falta conhecimento de que não é em um contato rápido que haverá transmissão. Envolve uma rotina diária de contato. E ainda assim, para que a pessoa que recebeu a carga bacilar adoeça, envolve também outras questões como a resistência imunológica de cada indivíduo”, conclui a dermatologista.

FONTE: Cidade Verde

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Barras - PI
Atualizado às 00h40
26°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 25°
27°

Sensação

15.6 km/h

Vento

74.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
CENTRO MOVEIS
Juriti
Municípios
Coopisol
Últimas notícias
Excelência Contábil
Mais lidas
Cantinho da Pizza
Anúncio