TREVO e ALMEGA
Acessibilidade

5 de dezembro: Dia da Acessibilidade: Barras pouco avançou nessa área da acessibilidade

Ir e vir é um direito de todos. Acessibilidade também.

05/12/2019 10h39
Por:
Fonte: PVPI
Reprodução
Reprodução

O mês de dezembro é marcado por diversas datas que chamam a atenção para a inclusão da pessoa com deficiência.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1 bilhão de pessoas têm algum tipo de deficiência no mundo – o que representa praticamente 1 em cada 7 indivíduos.

Barras pouco avançou nessa área. Falta o rebaixamento das praças e locais próprios para Acessibilidade e Conscientização da população com relação a esses locais.

Locais como bancos em Barras não tem o local reservado para Pessoa com Deficiência. Na Caixa o local é cheio de motos na vaga especial da Pessoa com Deficiência. Balões e praças da cidade sem o rebaixamento e nem sinalização. O comercial Carvalho é outro local que não se respeita a vaga especial. 

As estatísticas mostram que os países em desenvolvimento são os que mais possuem pessoas nessas condições – cerca de 800 mil. No Brasil, são 24% da população, ou cerca de 45 milhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os tipos de deficiência podem ser agrupados em cinco categorias: visual, auditiva, motora e mental. A relativa à visão é a mais comum, afetando 18,6% dos brasileiros, segundo o Ministério da Saúde. Em seguida aparecem a motora (7%), a auditiva (5,1%) e a mental (1,4%).

Uma das datas que chama a atenção para a necessidade de inclusão é o “Dia Mundial das Pessoas com Deficiência”, comemorado dia 3 de dezembro.

A ideia é incentivar a reflexão e a prática dos melhores métodos para garantir qualidade de vida e dignidade a esse grupo e alertar a população sobre os assuntos relacionados a este tema.

O calendário prossegue com o “Dia da Acessibilidade”, comemorado dia 5. O 9 de dezembro lembra o “Dia da Criança Defeituosa”, e o dia 13 celebra o “Dia do Cego”.