Popular
Piaui

Mudança de prédio da prefeitura para hospital devido à corte de energia seria erro de pintor

Os vereadores de Novo Oriente do Piauí afirmam que a cidade está enfrentando grave crise econômica

28/11/2019 12h13
Por: Direto da Redação
Fonte: cidadeverde.com

Os vereadores de Novo Oriente do Piauí afirmam que a cidade está enfrentando grave crise econômica. O prédio da prefeitura está há quase dois meses com a energia cortada e nesta quarta-feira (27) rumores de que a sede executivo municipal iria funcionar em um hospital causou repercussão no município, distante a 228 quilômetros de Teresina.

No entanto, a vice-prefeita da cidade, Socorro Veloso, nega que a Prefeitura vá funcionar no hospital. Ela afirmou ao Cidadeverde.com que o pintor ainda não terminou de fazer a pintura da fachada e uma fake news se espalhou pela cidade.

"Era para ele pintar "hospital de pequeno porte Novo Oriente" e embaixo  "Prefeitura Municipal de Novo Oriente".  Só que só deu tempo ele pintar Prefeitura Municipal de Novo Oriente e começaram a espalhar que a prefeitura ia funcionar no hospital. Mas isso não procede. O pintor, inclusive, está desesperado, pedindo desculpa, dizendo que foi um equívoco", conta a vice-prefeita.

Sobre o corte de energia na sede da prefeitura, a vice-prefeita não soube dizer se o prédio está com o fornecimento suspenso. Ela também não quis comentar atraso de salários no município.

Na semana passada o juiz de direito Juscelino Norberto da Silva Neto, da comarca de Valença do Piauí, acolheu o pedido realizado pela 2ª Promotoria de Justiça de Valença do Piauí e determinou que Prefeitura Municipal de Novo Oriente fique impedida de realizar qualquer evento festivo nos anos de 2019 e 2020.

A decisão foi baseada em ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado do Piauí (MPE), tendo em vista que o município passa por grave crise econômica.

Vereadores de Novo Oriente do Piauí contam que o fornecimento de energia também foi suspenso no prédio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras)  da cidade. O setor de Bolsa Família está funcionando dentro do posto de saúde do bairro Gil Marques. A luz do polo esportivo também está cortada, segundo os parlamentares.

"Os servidores efetivos estão com salários atrasados, médico e professores sem receber salário, hospital sem atendimento. A cidade está um caos", disse a vereadora Jaqueline Nunes (DEM).

O vereador José Nilton (PSB) afirma que a situação do município "é triste". "Os médicos estão há quatro meses sem salário e professores há dois. Tem ambulância quebrada. A situação é triste", comentou.

imprensa tentou contato com o prefeito de Novo Oriente do Piauí, Arnilton Nogueira, mas as ligações não foram atendidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.