Popular
Empregos

Piauí registra saldo de 724 novos empregos com destaque para construção civil

O Piauí registrou saldo de 724 novas vagas de emprego no mês de outubro, resultado de 8.118 admissões e 7.394 desligamentos no período.

22/11/2019 10h20
Por: Redação II
Fonte: CAGED
Reprodução
Reprodução

O Piauí registrou saldo de 724 novas vagas de emprego no mês de outubro, resultado de 8.118 admissões e  7.394  desligamentos no período. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (21) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. No ranking em todas as unidades da federação, o Piauí ocupa a 16ª colocação no saldo de empregos.

O setor da construção civil foi o que teve maior desempenho no estado, com um crescimento de 2,17%. Foram 1.242 admissões e 757 desligamentos. Um saldo de 485 vagas. Em seguida vem a indústria de transformação com uma variação de 1,16%, o que representa 926 admissões e 581 demissões, um saldo de 345 novas vagas.

Estados e regiões

As cinco regiões tiveram saldo positivo em outubro, com destaque para a região Sul, com a geração de 27.304 novas vagas. Nordeste teve +21.776; Sudeste, +15.980; Norte, +4.315; e Centro-Oeste, +1.477.

Entre as unidades da federação, 23 tiveram variação positiva, com destaque para Minas Gerais com 12.282 vagas; São Paulo, +11.727; e Santa Catarina, +11.579. Já o saldo em Rio de Janeiro (-9.942); Distrito Federal (-1.365); Bahia (-589); e Acre (-367) foi negativo.

Brasil

Em todo o país, o Caged mostra resultado positivo pelo sétimo mês consecutivo na geração de empregos. O saldo registrado é de 70.852 novas vagas, resultado de 1.365.054 admissões e 1.294.202 desligamentos no período.

Cinco dos oito setores da economia tiveram resultado positivo. Destaque no mês ficou com o Comércio, responsável por 43.972 novas vagas. Completam a relação Serviços (19.123 postos), Indústria de Transformação (8.946 postos), Construção Civil (7.294 postos) e Extrativa Mineral (344 postos).

Apresentaram saldo negativo os setores da Agropecuária (-7.819 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (-581 postos) e Administração Pública (-427 postos).

O Caged é divulgado mensalmente pela Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e traz o registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.