Popular
Desastre ambiental

Piauí: Quase todas as praias estão contaminadas por óleo

Mais praias que compõem o Delta do Parnaíba foram atingidas com as manchas de óleo neste sábado (16).

17/11/2019 11h20
Por: Direto da Redação
Fonte: Portal Parnaiba
 

Equipes da Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros, Secretaria de Meio Ambiente dos estados do Piauí e Maranhão e das prefeituras dos quatro municípios praianos iniciaram limpeza dos pontos afetados para evitar que os mangues sejam afetados.

Manchas de óleo avançam pelas ilhas do Delta do Parnaíba

Das 73 praias e ilhas do Delta do Parnaíba, sete foram confirmadas presenças de óleo: Ilha das Canárias, Ilhas dos Poldros, Praia de Caiçaras, Praia do Pontal, Ilha do Caju, Barra dos Melancieiras e Ilha do Passeio.

O delta é único em mar aberto das Américas e a preocupação das autoridades é que o óleo chegue também aos rios da região.

"Foi feita uma fiscalização 15 dias atrás, na Barra do Meio, por trás da Ilha dos Poldros, e lá encontramos uma área de dois quilômetros de pequenos pontos de óleo. O material foi recolhido e entregue a Marinha. Agora fomos pegos de surpresa na madrugada de sexta com novas manchas em várias ilhas e praias do Delta", contou o técnico Robson Medeiros, da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Araioses, no Maranhão.

Nota na íntegra Marinha do Brasil

"O Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil (MB), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), informa que, hoje (16), na região do Delta de Parnaíba-PI estão sendo empregados meios navais, aeronavais e terrestres, além de militares da MB, EB, agentes de órgãos estaduais e municipais em ações de limpeza e coleta de vestígios de óleo nas praias da região.

A partir de amanhã (17), o Navio-Patrulha (NPa) "Guanabara" reforçará as ações de busca e recolhimento de resíduos oleosos no mar. Desde o reaparecimento do óleo no litoral do Piauí, observado na última quinta-feira (14), foram recolhidas cerca de uma tonelada de resíduos de óleo. Equipes do Ibama e ICMBio realizam ações de acompanhamento e avaliação dos danos causados na região."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.