Popular
Jovem desaparecida

Adolescente que estava desaparecida já tinha fugido diversas vezes

Segundo informações de familiares, a jovem não tinha um bom relacionamento com o pai, e tinha um comportamento rebelde há alguns anos. E poderia está fazendo uso de entorpecentes, por influência de amizades.

08/11/2019 09h24
Por: Redação II
Fonte: meio norte
Reprodução
Reprodução

Adolescente de 17 anos que foi encontrada na quarta-feira (06), após passar três dias desaparecida, causando grande comoção em todo o estado, já teria fugido outras vezes de casa. 

Segundo informações de familiares, a jovem não tinha um bom relacionamento com o pai, e tinha um comportamento rebelde há alguns anos. E poderia está fazendo uso de entorpecentes, por influência de amizades.

Em depoimento à polícia, a jovem acusou o pai de abuso sexual, mas a família afirma que não é a primeira vez que ela faz acusações e na última vez teria voltado atrás. Um dos motivos dos conflitos entre pai e filha seria as vestimentas que a adolescente gostava de usar e contrariava as regras da igreja que o pai é pastor.

Um mototaxista identificado como Ismar Gonçalves Bastos Filho, de 32 anos foi preso acusado de envolvimento no desaparecimento da adolescente, com quem teria um relacionamento amoroso. Eles teriam se conhecido através das redes sociais. 

Na casa do acusado a polícia teria encontrado roupas e calçados da adolescente. A prisão do acusado ocorreu após a irmã dele denunciar que a menina teria se abrigado na residência durante os dias em que estava desaparecida.

O advogado da família da adolescente afirmou que vai denunciar Ismar por subtração de incapaz. O pai da jovem nega que tenha cometido qualquer tipo de abuso contra a filha e alegou que ela sofre de transtorno de bipolaridade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.