Popular
Poucos bombeiros

Piauí tem apenas 4 quartéis dos bombeiros para 224 municípios

Apesar de ocupar a 4º posição em números de focos de incêndio no mês de outubro, efetivo é considerado reduzido.

10/10/2019 15h06
Por: Direto da Redação
 

O relatório do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) aponta que, nos nove primeiros dias no mês de outubro, já foram registrados 449 focos de incêndio no Piauí. O número coloca o estado na quarta colocação em número de queimadas, ficando atrás apenas dos estados do Pará (990), Bahia (527) e Mato Grosso (513).

Apesar da quantidade elevada de queimadas, o estado possui apenas quatro quartéis para atender a demanda de 224 municípios. No município de Oeiras, localizado na região Sul, a Prefeitura teve que usar um caminhão pipa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente para conter um incêndio que ameaçou atingir a estátua de Nossa Senhora da Vitória, cartão postal do município, na noite desta quarta-feira (09).

O quartel dos Bombeiros mais próximo do município está localizado na cidade de Picos, a 85 km de distância. Em contato com o O Dia, o tenente Hamylton Lemos, comandante do Corpo de Bombeiros de Picos, informou que a equipe não foi acionada pelos moradores.

Assim como a cidade de Oeiras, 220 municípios do estado não contam com quartéis do Corpo de Bombeiros. Apenas as cidades de Teresina, Picos, Parnaíba e Floriano  possuem equipes para atender a demanda dos municípios onde estão instaladas as sedes e cidades circunvizinhas.

A major Najra Nunes, do Corpo de Bombeiros de Teresina, explica que apesar da  quantidade reduzida de quartéis, as demandas dos municípios são repassadas de acordo com a proximidade entre o local atingido e as instalações dos bombeiros.

“Muitas vezes a população fala que não foi atendida, sendo que não ligou pro 193, que cai no corpo de bombeiros mais próximo. Se o quartel mais próximo for o de outro estado, a ligação vai cair lá e o Corpo de Bombeiros vai atender. O próprio sistema faz a distribuição automática”, argumenta.

A major destaca ainda que existe um projeto que prevê a ampliação do número de quartéis no Piauí. No entanto, ainda não há previsão de quando serão instalados. Segundo ela, pelo menos três cidades serão contempladas com filiaisdos bombeiros, uma delas é São Raimundo Nonato, devido à existência do Aeroporto Internacional Serra da Capivara, inaugurado há quatro anos.

Piauí registra 145 focos de incêndio em um dia

De acordo com o Inpe, em apenas um dia, na terça-feira (08), o Piauí registrou 145 focos de incêndio. Já nesta quarta-feira (09), 17 foram registrados. Outros dados divulgados pelo Inpe apontam uma redução nos focos de incêndios acumulados em relação ao mesmo período, entre os dias 1º e 09, do mês de setembro, quando foram registrados 3.137 casos. 

O município de Baixa Grande do Ribeiro, localizado a 575 km de Teresina, é odestaque negativo do Estado em número de queimadas. O levantamento do Instituto mostra que o município com 10 mil habitantes é o 10º do país com maior quantidade de focos acumulados nos últimos nove dias. Somente na localidade foram registrados 38 casos.

Escada Magirus

No último dia 04, um incêndio em um apartamento no bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina, iniciou boatos sobre a escada magirus do Corpo de Bombeiros de Teresina estar desativada. No entanto, a major Najra Nunes informou que o equipamento está em manutenção preventiva e deve retornar nos próximos dias. "Por ser um equipamento importado, a peça está vindo do exterior. A plataforma em si não tem problema nenhum, o problema que tem é uma pecinha do hidráulico da direção, mas já está sendo consertado", informa.

A major destaca ainda que o equipamento não é usado em todos os tipos de incêndio. A utilização irá depender da geografia do local e da necessidade. "Vale lembrar que nem todo incêndio em edificação é necessário a utilização da plataforma, porque nem sempre ela poderá ser arvorada, por causa da geografia do local, muitas ruas não comportam ela. Esse incêndio no apartamento foi no 5º andar, nem era tão alto assim, mesmo que ela estivesse aqui, não teríamos utilizado ela", finaliza.

Denúncias

Para formalizar denúncias de queimadas irregulares, a população pode entrar em contato pelo número 153, da Defesa Civil de Teresina, com ligação gratuita, ou ainda via Whatsapp ou chamadas telefônicas para os números (86) 99514-3417 ou 99505-5360, do Batalhão de Policiamento Ambiental do Piauí. Já para acionar o Corpo de Bombeiros para atuar no combate aos focos de queimada ou incêndio, o número de contato é o 193.

Por: Nathalia Amaral

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.