Popular
Estupro coletivo

Jovem teria sido drogada e estuprada na zona rural de Cabeceiras do Piauí

Zezim Barata se apresentou espontaneamente ao batalhão de Polícia Militar de Cabeceiras e se declarou inocente.

23/09/2019 08h00Atualizado há 4 semanas
Por: Direto da Redação
 

Uma jovem, cujo nome está sendo omitido para como forma de proteção da sua imagem, foi drogada e estuprada na cidade de Cabeceiras do Piauí no início da manhã deste sábado (21). Após toda a série de abusos, que teria acontecido na localidade Zé Gomes, zona rural de cabeceiras, a moça foi abandonada desacordada na frente de um bar no centro da cidade. As informações são do site Longah.

Conforme informou ao longah o Sargento Luís Carlos, o crime foi atribuído a dois indivíduos identificados apenas como Jailson e Zezim Barata. “Quando a moça foi encontrada, ela estava em visível estado de embriaguez e aparentava estar drogada. Foi encaminhada para Campo Maior e, de lá, para Teresina para fazer testes de alcoolemia e de uso de entorpecentes para confirmar que ela não estava em seu estado normal”, disse o Sargento, acrescentado que outro exame seria feito para confirmar o abuso sexual.

A moça, quando foi abandonada na frente do bar, estava bem machucada. Ela tinha ‘virado a noite’ em uma festa acompanhada dos dois. Jailson está foragido. Zezim Barata se apresentou espontaneamente ao batalhão de Polícia Militar de Cabeceiras e se declarou inocente. “Ele declarou que não fez nada com ela e que o que aconteceu com o Jailson foi com a permissão dela”, disse ao longah o PM.

O policial Luís Carlos, que esteve com a jovem logo após os abusos, garantiu que ela não estava de posse de sua consciência, visivelmente alcoolizada e drogada, e não tinha condição de consentir ou não nada que fizessem com ela.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.