Popular
Crueldade

Adolescente que cortou pescoço de colega no Piauí é condenado à pena máxima

Segundo o laudo cadavérico, foram cinco facadas, sendo três nas costas e duas no pescoço.

07/09/2019 08h56
Por: Direto da Redação
 

O adolescente de 16 anos, apreendido após amordaçar e cortar a garganta de Ítalo Rodrigo Nascimento, 16, foi condenado à pena máxima. O caso aconteceu em julho e a decisão é da juíza Elfrida Costa Belleza Silva, da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina.

Ambos eram colegas de escola e haviam marcado de se encontrar via WhatsApp, na casa da vítima, que estaria sozinho. Ítalo foi encontrado ao chão, com os membros amarrados e um profundo corte na garganta. Segundo o laudo cadavérico, foram cinco facadas, sendo três nas costas e duas no pescoço.

R.B.F.C. teve sentença estipulada em três anos, pena máxima admitida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A legislação impõe que o agressor seja avaliado a cada seis meses, o que poderá incutir a diminuição da pena. Ele ficará no Centro Educacional Masculino (CEM). Por recomendações da juíza, o adolescente deve ser mantido em ala isolada. Ele foi considerado pela polícia como alguém perigoso e com indícios de psicopatia.

Entenda o caso

R.B.F.C. foi apreendido no dia 16 de julho após cometer o crime, que aconteceu no Residencial Teresina Sul. O pai encontrou a vítima ainda agonizando no chão da cozinha. O acusado não ofereceu resistência. De acordo com a polícia, o crime foi motivado por “curiosidade” e um intenso desejo de matar.

Fonte: Meio Norte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
CENTRO MOVEIS
Marilan
Municípios
Mel Silva
Últimas notícias
Excelência Contábil
Mais lidas
Cantinho da Pizza
Anúncio