Popular
Sala de Reboco

Dançarina morre e sanfoneiro de banda fica ferido após serem baleados

A Polícia Militar disse em nota que já acompanhava o veículo, uma Hilux Sw4, pois o motorista fazia direção perigosa e teria furado vários bloqueios.

05/07/2019 19h25
Por: Direto da Redação
 

Integrantes da banda de forró Sala de Reboco foram baleados por policiais na madrugada desta sexta-feira (5) no interior da Bahia. O grupo musical se deslocava de Lapão para Irecê quando foi surpreendido pelos tiros. Na ação, a dançarina Gabriela Amorim morreu e o sanfoneiro Eliedelson Possidônio Júnior ficou ferido. A vocalista Joelma Rios estava no veículo.

A Polícia Militar disse em nota que já acompanhava o veículo, uma Hilux Sw4, pois o motorista fazia direção perigosa e teria furado vários bloqueios.

Abalada com o caso, Joelma Rios postou um vídeo nas redes sociais onde nega a versão da polícia e lamenta a morte da dançarina.

"A gente vinha de Lapão para Irecê, onde a gente foi jantar, comemorar o nosso término de trabalho. Já íamos embora, quando a gente sentiu que tinha alguém nos seguindo. A gente não sabia que era polícia, pois não estávamos fazendo nada que chamasse atenção. Jamais fugindo de nada. A gente não deve, a gente estava trabalhando", disse em sua página no Facebook.

Joelma ressaltou que por causa do medo tentaram fugir, já que não havia sinal que o carro que estava atrás tinha policiais.

"Foi só a intimidação pelo medo que forçou a gente a sair fugindo e tentar solucionar a nossa segurança. Não tinha sirene, não tinha nada avisando que era polícia", contou.

A dançarina Gabriela ainda chegou a ser socorrida pelo Samu, mas morreu a caminho do hospital.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.