Popular
Assalto

Irmão de Whindersson Nunes é esfaqueado durante assalto em THE

O humorista usou as redes sociais para relatar o ocorrido e manifestar sua revolta com a falta de segurança. "Ninguém tem um dia de paz".

12/06/2019 08h06
Por: Direto da Redação
 

O irmão do humorista piauiense Whindersson Nunes, Hidelvan Nunes, foi esfaqueado durante um assalto ocorrido em Teresina nesta terça-feira (11). Ainda não se tem informações sobre o local exato onde o fato se deu, mas o humorista utilizou suas redes sociais para relatar o ocorrido e manifestar sua revolta com a falta de segurança no Estado.

Em sua conta oficial no Twitter, Whindersson postou: “Acabaram de esfaquear meu irmão, por causa de uma merda de um celular que ele ENTREGOU e mesmo assim fizeram isso, ninguém tem um dia de paz nessa desgraça” (sic.)”. A postagem foi amplamente compartilhada e comentada, com os fãs manifestando apoio ao humorista e à sua família.
“Vai dar tudo certo, um dia teremos paz nesse mundo”, disse um seguidor. Outro escreveu: “Espero que ele fique bem e que quem fez esse crime pague pelo que fez”. Alguns aproveitaram o espaço para, além de manifestar apoio a Whindersson, fazer críticas à insegurança.

“Misericórdia, véi! Hoje em dia não basta entregar tudo que temos, temos que contar com a sorte de um bandido ter piedade e não nos matar. Tá cada dia mais difícil”, postou um seguidor, enquanto outro afirmou: “Não temos mais segurança em lugar nenhum, sinto pelo seu irmão, espero que esteja se recuperando”.
Duas horas depois, Whindersson voltou a usar o Twitter para dar notícias sobre o estado de saúde de Hidelvan. O humorista escreveu: “Meu irmão tá bem galera, já fez tudo que tinha que fazer, fiquem tranquilos, não foi fundo, não tem risco, só desespero mesmo, obrigado aí pelo apoio”.

E então, ele voltou a criticar a falta de segurança: “Eu fico indignado, que ele disse que pedia ajuda e ninguém fazia nada, olha sei lá, eu não sei, eu nem vou falar nada. Deus me perdoe pelos meus pensamentos (sic.)”. Logo em seguida, um seguidor comentou “O mundo está cada vez mais cheio de gente sem empatia, sem compaixão”. Outro escreveu: “Ultimamente pra ajudar tem poucos, mas pra pegar o celular e gravar tem muitos”.

Irmão e assessor de Whindersson, Harisson Nunes Batista foi outro que também relatou o ocorrido. No Instagram, ele postou: "Bateram, derrubaram cortaram, mas graças a Deus ele está bem e já foi medicado. Foi em Teresina, mas ele já está em casa, está bem", disse Harisson.

O Portal O Dia está entrando em contato com a polícia para colher mais detalhes sobre a ocorrência envolvendo o irmão de Whindersson Nunes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.