Popular
TRAGÉDIA

Ator de Chiquititas e seus pais são assassinados em SP

ator Rafael Miguel, famoso por uma propaganda de alimentos e por um papel na novela

10/06/2019 09h27Atualizado há 3 meses
Por: Redação II
Fonte: R7
Reprodução
Reprodução

O ator Rafael Miguel, famoso por uma propaganda de alimentos e por um papel na novela "Chiquititas", foi assassinado na noite deste domingo (9), junto com seus pais, em São Paulo.

Segundo a polícia, ele e os pais foram à casa da namorada de Rafael, para conversar o pai dela. Quando chegaram lá, os três teriam sido mortos pelo pai da moça, que fugiu.

Em seu Instagram, o apresentador Luiz Bacci, da Record TV, lamentou o ocorrido. 

 
 

"O Ator @rafaelmiguelreal que ficou famoso no comercial "mãe, compra brócolis" e como "Paçoca" de Chiquititas foi morto hoje em São Paulo. Além dele, os pais também foram executados ao chegar na casa da namorada dele. O suspeito seria o pai da menina", escreveu Bacci.

A polícia procura na manhã desta segunda-feira (10) o sogro do ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, conhecido por uma propaganda de alimentos e por um papel na novela "Chiquititas". Foragido, o homem é suspeito de ter matado Rafael e seus pais na noite do domingo (9), em São Paulo.

De acordo com informações da Record TV, a polícia realiza nesta manhã diligências para encontrar o pai da jovem, que permanece foragido. Há também a expectativa de os familiares de Rafael comparecerem no Instituto Médico Legal para a liberação dos corpos.

O caso

O ator de Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, morreram, após serem baleados, na Estrada do Alvarenga, no bairro Pedreira, na zona sul da capital, por volta das 14h00, do domingo (9). 

De acordo com o boletim de ocorrência, Rafael, acompanhado de seus pais, foi até a casa de sua namorada, de 18 anos, para conversar com o pai dela sobre o relacionamento.

Eles foram recebidos pela jovem e por sua mãe. Por volta as 13h55, o pai da garota, um comerciante, de 48 anos, chegou ao local armado e atirou nas três vítimas que estavam no portão da casa. O caso foi registrado como homícidio consumado no 98° DP, no Jardim Miriam.

ATUALIZAÇÃO 09:33

De acordo com a Record TV, o pai da garota teve passagens pela polícia por roubo.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.