Popular
Covardia

Idoso é espancado por não ter dinheiro para entregar à assaltante no Piauí

O vídeo registrado por uma câmera de segurança da região mostra o momento em que o criminoso aborda o idoso e exige que lhe entregue seus pertences.

05/06/2019 08h07
Por: Direto da Redação
 

Um idoso de 86 anos foi espancado por não ter entregado dinheiro para um homem ainda não identificado, na Zona Norte de Teresina (assista ao vídeo acima). De acordo com a família, o idoso teve uma fratura na mandíbula e diversas escoriações no rosto. A Delegacia do Idoso investiga o crime, que aconteceu na quinta-feira (30).

Nesta segunda (3), o policial Antônio Pereira da Silva, de 86 anos, foi internado novamente em um hospital particular de Teresina. “Ele não está bem não. Ontem ele estava em casa. Mas levamos ele novamente para o hospital, porque ele está sentindo dores”, disse Kelly Alencar, neta de Antônio Pereira.

De acordo com a neta, Antônio havia saído de uma mercearia e descansava sentado em uma calçada quando foi abordado. O vídeo registrado por uma câmera de segurança da região mostra o momento em que o criminoso aborda o idoso e exige que lhe entregue seus pertences.

Logo depois, o homem passa a agredir o idoso com socos e chutes na cabeça. Com os golpes, o idoso fica deitado no chão, enquanto o criminoso deixa o local caminhando. De acordo com a neta de Antônio, o assaltante levou o relógio que ele usava.

“Uma senhora que conhece ele gritou e pediu que ele parasse de bater, e ele parou”, disse Kelly Alencar.

Os moradores da região socorreram o idoso e chamaram seus familiares. Antônio Pereira foi levado em um carro particular para um hospital. O crime foi denunciado à Polícia Civil.

A delegada Daniela Barros, titular da Delegacia do Idoso, disse que o criminoso foi identificado e está sendo procurado. Segunda ela, o criminoso deve responder pelo crime de tentativa de latrocínio.

“É um indivíduo bastante conhecido da comunidade. A atitude dele foi de extrema violência e covardia, contra um ser indefeso, que não ofereceu resistência nenhuma para ele, apenas a negativa de que não tinha nada para dar”, comentou a delegada Daniela.

Fonte: G1/PI

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.