Popular
Sem atendimento

Município do Piauí está sem nenhum médico após desistência do único profissional

Duas mil vagas estão sendo ofertadas para médicos atuarem em 790 municípios que apresentam vulnerabilidade social no Brasil, que correspondem pelo menos a 6 milhões de pessoas.

15/05/2019 15h26
Por: Direto da Redação
 

A coordenadora do Programa na Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), Idvani Braga informou que depois da saída dos cubanos, as vagas foram preenchidas com muita demora, mas os médicos brasileiros deixaram o programa para se dedicar à residência médica.

A substituição do médico cubano no município de João Costa, que fica a 488 quilômetros de Teresina, a cidade está sem médico. Isso porque o outro profissional que foi selecionado acabou desistindo e deixando o Programa Mais Médicos. João Costa é um município pequeno de aproximadamente 2 mil habitantes e está aguardando a reposição através de novo edital de seleção, lançado na segunda-feira (13).

Duas mil vagas estão sendo ofertadas para médicos atuarem em 790 municípios que apresentam vulnerabilidade social no Brasil, que correspondem pelo menos a 6 milhões de pessoas. O Piauí tem um total de 84 vagas que precisam ser preenchidas para atender parte da demanda no atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A coordenadora do Programa na Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), Idvani Braga informou que depois da saída dos cubanos, as vagas foram preenchidas com muita demora, mas os médicos brasileiros deixaram o programa para se dedicar à residência médica.

“Alguns que não sejam pelos problemas de residência, são por problemas pessoais ou com relação à carga horária. Alguns médicos entram e querem adequar o horário em algum outro emprego e acabam não conseguindo”, afirma a coordenadora ao acrescentar que o programa necessita da dedicação e cumprimento de toda carga, o que compromete outros trabalhos.

Este já é o segundo edital lançado pelo governo federal após Cuba anunciar o retorno dos médicos cubanos ao país, em novembro de 2018, após desavenças entre o governo cubano e o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Mais de 11 mil profissionais cubanos atuavam no Brasil.

As inscrições para o Programa Mais Médicos serão realizadas entre os dias 27 e 29 de maio. O médico precisa acessar o site do Mais Médicos (www.maismedicos.gov.br) e realizar a inscrição através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP). Segundo publicação no Diário Oficial da União, os médicos devem começar a trabalhar em junho.

Fonte: Meio Norte

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.