Terça, 22 de janeiro de 2019
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Municípios

09/01/2019 ás 21h08

Redação II

Barras / PI

Mãe que teve os dois filhos mortos em Brejo é presa por omissão
A mãe que teve os dois filhos pequenos assassinados na cidade de Brejo do Piauí em outubro do ano passado foi presa nesta terça-feira (8)
Mãe que teve os dois filhos mortos em Brejo é presa por omissão
JC24horas

Canto do Buriti PI - A mãe que teve os dois filhos pequenos assassinados na cidade de Brejo do Piauí em outubro do ano passado foi presa nesta terça-feira (8). O juiz da comarca de Canto do Buriti, José Carlos Amorim, deferiu o pedido do Ministério Público, que alegou omissão de Joelma Pinto da Costa no caso. A informação foi confirmada pelo delegado da cidade, Yan Brayner.


"O doutor José William Luz, promotor da comarca de Canto do Buriti, em audiência entendeu que ela participou omissivamente do crime. Então, ele requereu em audiência a prisão e na própria audiência o juiz deferiu", explicou o delegado.


Segundo o delegado, o promotor entendeu que a mãe poderia ter evitado as mortes. "Isso numa análise preliminar, pois ainda haverá audiência", afirmou Yan Brayner.


O mandado de prisão foi cumprido no fórum de Canto do Buriti pela Polícia Civil. Joelma Pinto da Costa foi levada para a Penitenciária Feminina em Teresina.


O caso


As mortes aconteceram em outubro do ano passado. As vítimas foram Maria Vitória Veras dos Santos, de cinco meses, e seu irmão, Kaio de Sousa Santos, de 11 anos. O pai da menina -  que tinha sinais de estupro segundo as investigações, foi apontado como principal suspeito. Danilo Veras dos Santos tinha um relacionamento de três anos com a mãe das vítimas e uma discussão na casa dela teria terminado com as mortes. 


"Segundo o depoimento da mãe, durante uma discussão ele trancou ela no quarto e arremessou a filha de apenas cinco meses no chão. A criança tentou intervir e ele acabou estrangulando o garoto", disse o delegado na época.


O bebê chegou a ser socorrido com vida e passou três dias internado no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, onde foi a óbito.


Foto: Policial Civil


FONTE: JC24horas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium