Popular
Fortaleza CE

CE receberá agentes de todos os estados do Nordeste, diz secretário

Polícia capturou 110 pessoas suspeitos e dois morreram em confronto

06/01/2019 17h31
Por: Redação II
Fonte: Com informações do O Povo e G1
Força Nacional de Segurança começou a ocupar as ruas da Cidade ontem à noite (Crédito: Mateus Dantas)
Força Nacional de Segurança começou a ocupar as ruas da Cidade ontem à noite (Crédito: Mateus Dantas)

Os governos dos oito estados do Nordeste enviarão agentes de segurança ao CearáA informação é do secretário da Administração Penitenciária (SAP), Mauro Albuquerque.

O reforço, segundo o gestor, é uma demonstração de "união" entre as forças de segurança da Região diante do ciclo de violência que alterou a rotina dos cearenses desde o último dia 2.

Ainda não tenho o dado preciso de quantos homens estão vindo e há uma questão de segurança, mas todos os estados do Nordeste estão mandando. As forças de segurança estão unidas", revelou Mauro. O governador da Bahia, o petista Rui Costa, foi o primeiro a ceder 100 PMs para reforçar o policiamento no Ceará.

O secretário informou que, até a noite de ontem, quando conversou com O POVO, por telefone, mais de 200 presos que exercem alguma liderança nas facções criminosas já haviam sido isolados. "Foram levados para um local de segurança máxima. Um pavilhão específico de uma unidade. São lideranças que estou movimentando e tirando de perto da massa de manobra, que são os presos cooptados para fazer as ações aqui fora", detalhou.

Força Nacional de Segurança começou a ocupar as ruas da Cidade ontem à noite (Crédito: Mateus Dantas)
Força Nacional de Segurança começou a ocupar as ruas da Cidade ontem à noite (Crédito: Mateus Dantas)

Até o fechamento desta edição, mais de 90 ataques haviam sido contabilizados no Estado e 103 suspeitos presos. Na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto, a CPPL III, em Itaitinga, 275 presos foram autuados por desacato, motim, dano ao patrimônio e incitação ao crime. 

"Nunca se prendeu tantas pessoas envolvidas nos ataques no Ceará", observou o secretário.

Mauro Albuquerque afirmou ainda que mais de 400 celulares foram recolhidos nas unidades. Segundo o secretário, foi determinado aos diretores de presídios que retirem todos os televisores das celas para diminuir o poder de articulação dos detentos. "As televisões nas celas não são ilegais, mas é absurdo um preso ter dentro de uma cela uma TV LED de 42 polegadas. E, até mesmo pela situação, fizemos isso para eles não se manterem atualizados. E a incidência dos ataques tem diminuído".

Fora dos presídios, ontem à noite, a Força Nacional de Segurança (FNS) começou a atuar nas ruas de Fortaleza e na Região Metropolitana. Segundo o coronel Aginaldo Oliveira, comandante da FNS, os militares foram distribuídos em lugares com potenciais de ataques como terminais de ônibus, corredores de grande movimentação e de concentração de equipamentos públicos e privados. O patrulhamento será feito em jornadas de 24 horas e rodízio de equipes.

Durante a noite, as facções criminosas têm intensificado os ataques. As viaturas da Força Nacional circularão e promoverão abordagens.

De acordo com o coronel Aginaldo, amanhã, mais homens e dez viaturas da FNS chegarão à Fortaleza. Até agora, 300 homens foram enviados pelo Governo Federal para apoiar as ações contra a onda de ataques às facções. 

Ceará tem 8 ataques após atuação da Força Nacional no estado

As POLÍCIAS DO CEARÁ MONTARAM UMA FORÇA-TAREFA PARA TENTAR FREAR A ONDA DE ATAQUES NO ESTADO, que destruiu dezenas de ônibus, carros e prédios públicos desde quarta-feira (2). No entanto, mesmo com o reforço da Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, foram registrados oito ataques: dois em Fortaleza contra um posto de combustível e uma torre policial, na noite de sábado, e seis contra veículos, banco, prédios públicos e uma base de telefonia em cidades do interior neste domingo (6). Em todo estado, chegou a 98 o número de ações criminosa desde o início da onda de violência.

Dois suspeitos foram mortos durante uma troca de tiros com a polícia ao tentar incendiar um posto do Detran no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza, na madrugada de domingo. Um policial militar ficou ferido após ser atingido no braço durante o confronto. No local, a polícia apreendeu bombas caseiras (coquetel molotov) que seriam usados na ação.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, 110 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes, sendo 76 adultos e 34 adolescentes. Desse total, 60 detenções ocorreram neste sábado, após a chegada da Força Nacional. Entre os presos, está um motorista suspeito vender combustíveis a grupos criminosos.

 Base de telefonia foi explodida na cidade de Limoeiro do Norte, interior do Ceará (Crédito: Reprodução/ Sistema Verdes Mares )
Base de telefonia foi explodida na cidade de Limoeiro do Norte, interior do Ceará (Crédito: Reprodução/ Sistema Verdes Mares )

 

Ataques continuam

Ainda durante a madrugada do domingo, um prédio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) foi incendiado no município de Marco, na região norte do estado. Em Acaraú, a sede da prefeitura foi alvo de ataques e teve ônibus destruídos. Outro ataque foi registrado no município de Jijoca de Jericoacoara, onde criminosos atearam fogo em um estacionamento utilizado pela prefeitura. Dois veículos, um ônibus e um carro de passeio foram atingidos pelas chamas.

Por volta das 7h deste domingo (6), uma agência bancária foi atacada com tiros e incendiada. O fogo foi controlado e não houve maiores danos ao prédio. Além disso, os criminosos explodiram uma base de telefonia na cidade de Limoeiro do Norte. Devido ao ataque, 12 cidades da região ficaram sem telefonia móvel, conforme a polícia.

No sábado, foi registrado um ataque a um posto de observação da Guarda Municipal. Dois suspeitos em uma motocicleta passaram atirando contra o posto policial. Nenhum agente de segurança ficou ferido. Criminosos também incendiaram duas bombas de combustível e duas salas do escritório em um posto de gasolina na rodovia BR-116, no Bairro Messejana. Já no interior, dois caminhões foram queimados no pátio da prefeitura de Barroquinha, norte do estado.

De acordo com o secretário da Segurança do Ceará, André Costa, a polícia reforçou as blitze com apoio da Força Nacional. Foram realizadas vistorias a motoristas e motociclistas em diversos pontos da Grande Fortaleza. "A medida se baseia, principalmente, no fato de boa parte dos crimes serem cometidos por indivíduos a bordo de veículos automotores."

Reforço na segurança

Os veículos da Força Nacional deixaram o Centro de Formação Olímpica, em Fortaleza, onde os servidores estão alojados, às 19h42 (20h42, no horário de Brasília) deste sábado.

"Contamos com reforço de 300 homens da Força Nacional com 30 viaturas; e 100 policiais militares da Bahia chegam amanhã. A PRF enviou 50 policiais do Núcleo de Operações Especiais dos Estados e um helicóptero, com duas equipes de apoio aéreo e equipamento de busca noturna", afirmou o secretário da Segurança do Ceará, André Costa.

"São 15 viaturas a mais e um incremento de mais de 200% no policiamento rotineiro da PRF. Além disso, contamos com todas as forças de segurança pública do Estado. Estamos mobilizados para atuar e realizar pronta-resposta em todo o Estado", completou.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.