Terça, 22 de janeiro de 2019
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Economia

03/01/2019 ás 18h44

Redação II

Barras / PI

Fake News: DPVAT não vai ficar mais caro
Preguiça intelectual é responsável pela disseminação de fake news
Fake News: DPVAT não vai ficar mais caro
Parte do texto em circulação (Crédito: Lucrécio Arrais)

A preguiça intelectual e a falta de pesquisa das pessoas têm feito o fenômeno das fake news virar uma verdadeira problemática social, onde um exército de mentirosos conscientes tomam conta do whastapp com histórias criadas por mentes nocivas. O trote do século XXI mente que as taxas do seguro DPVAT, que tiveram redução média de 63,3%, voltarão ao valor original se não forem pagas na data em que a mentira for repassada.


De acordo com a coordenadoria de comunicação do Governo do Estado do Piauí, a mentira tomou grandes proporções, e o contribuinte deve estar atento apenas às informações dos canais oficiais do governo. Relatos de falsos boletos, o que configura fraude, também perpassam as mentiras via mensagens instantâneas.


Questionado sobre a situação, o diretor geral do Departamento de Trânsito do Piauí (Detran-PI), Arão Lobão, desmentiu a nota falsa e diz que aguarda o posicionamento da seguradora e do conselho nacional. “É tudo mentira”, frisa o gestor.


Em realidade, o seguro DPVAT, que está atrelado à taxa do IPVA, que de fato começa a ser pago a partir de janeiro deste ano conforme o final da placa do veículo, teve uma redução considerável de 2018 para 2019. Para se ter ideia, os carros particulares pagarão R$12, quando ano passado o valor era de R$41,40, 71% mais barato. Os demais veículos automotores também tiveram reduções.


O seguro DPVAT é pago de acordo com a tabela da seguradora responsável pela taxa, que é definida pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (Cnsp). A variação depende apenas da categoria do veículo, conforme informações abaixo:


Redução do seguro DPVAT


-> Automóveis particulares: R$ 41,40 (2018) para R$ 12,00 (-71%)


-> Táxis/carros de aluguel: R$ 41,40 (2018) para R$ 12,00 (-71%)


-> Ônibus/micro-ônibus/carro de frete: R$ 160,05 (2018) para R$ 33,61 (-79%)


-> Micro-ônibus com cobrança de frete com lotação não superior a dez passageiros/ônibus, micro-ônibus e lotações sem frete: R$ 99,24 (2018) para R$ 20,84 (-79%)


-> Ciclomotores: R$ 53,24 (2018) para R$ 15,43 (-71%)


-> Motocicletas/Motonetas R$ 180,65 (2018) para R$ 80,11 (-56%)


-> Máquinas de terraplanagem/tratores de pneus com reboques acoplados/caminhões/pick-up/reboques/semirreboques: R$ 43,33 (2018) para R$ 12,56 (-71%)

FONTE: meio norte

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium