Popular
Operação Patrimonium

Polícia prende foragido da justiça condenado a 46 anos de prisão

O delegado Thales Gomes, titular do 22° Distrito Policial, na região da Grande Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina, conseguiu junto a sua equipe realizar a prisão de quatro suspeitos de assaltos no bairro, sendo que um deles, identificado com

Visão Política Análise sobre a política local, estadual e nacional.

04/12/2018 09h32
Por: Redação II
Fonte: meio norte
Reprodução
Reprodução

O delegado Thales Gomes, titular do 22° Distrito Policial, na região da Grande Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina, conseguiu junto a sua equipe realizar a prisão de quatro suspeitos de assaltos no bairro, sendo que um deles, identificado como Bena, estava foragido da Justiça e condenado a 46 anos de prisão.

As prisões fazem parte da segunda etapa da Operação Patrimonial, que visa tirar de circulação acusados de praticar crimes de roubo e furto. O cumprimento dos mandados de busca e apreensão teve iniciou às 04h da manhã desta terça-feira (04).

“O Bena é foragido da Penitenciária de Esperantina, ele fugiu durante a última fuga que teve lá, acumula três condenações que somam 46 anos de prisão. No ano de 2015 matou um comerciante na cidade de Morro do Chapéu, após o crime incendiou a casa com o corpo dentro e hoje conseguimos capturar ele na localidade Soim, devido a várias ações que fizemos na Boa Hora e ele conseguiu fugir para o Soim”, declarou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado Thales Gomes, o homicida reagiu a prisão, houve luta corporal com os policiais e o delegado chegou a ficar lesionado nas mãos. “Foi preciso uma luta forte com ele, mas conseguimos dete-lo, está preso e vai poder cumprir seus 46 anos de prisão por três condenações”, acrescentou.

 Ainda na casa onde o criminoso estava, os policiais encontraram um fardamento da Polícia Militar do Piauí e a investigação do 22° DP aponta que o criminoso utilizada assaltos na região com roupas do exercito e da PM. “A gente já tinha informação que ele usava esse tipo de vestimenta e hoje quando fizemos a captura encontramos essa farda da Polícia Militar e acreditamos que ela foi roubado ou furtada”, pontuou.

Os outros três suspeitos presos se tratam de arrombadores, assaltantes e condenados a prisão.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.