Quinta, 15 de novembro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Polícia

02/11/2018 ás 10h44 - atualizada em 02/11/2018 ás 17h42

Redação II

Barras / PI

Descoberto plano de matança em massa de 260 presidiários na Custódia
Os policiais militares e agentes penitenciários impediram uma matança na Casa de Custódia de Teresina, no bairro Quilômetro Sete, na zona Sul da capital piauiense.
Descoberto plano de matança em massa de 260 presidiários na Custódia
Reprodução

Os policiais militares e agentes penitenciários impediram uma matança na Casa de Custódia de Teresina, no bairro Quilômetro Sete, na zona Sul da capital piauiense.


Os policiais militares e agentes penitenciários descobriram durante um vistoria um buraco na cela 10 do Pavilhão D, que permitia a passagem dos detentos dos Pavilhões D e E, que são 280 presos, para os Pavilhões G e I, onde eståo presos 260 homens.


Com a descoberta do buraco, os agentes penitenciários e policiais militares ouviram um dos presos que furaram o buraco e ele confessou que os presos dos Pavilhões D e E iam matar os dos Pavilhões G e I porque estavam interceptando e ficando com maconha, pilhas e telefones celulares que eram jogados de fora da Casa de Custódia para eles


Seriam mortos, com pedaços de vergalhões, os presos dos Pavilhões G e I, onde ficam ameaçados de morte pelas facções, estupradores, feminicidas e gays.


A matança coletiva estava prevista para o banho de sol dos penitenciários nesta sexta-feira.

FONTE: Meio Norte

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Sem foto

Visão Política

Blog/coluna Análise sobre a política local, estadual e nacional.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium