Popular
PMPI

5.408 PMs atuarão na segurança das eleições 2018 nos municípios do Piauí

A tropa de 5.408 PMs que irá atuar na segurança dos 224 municípios do Piauí, durante a votação do domingo (07), começou a se deslocar na manhã desta quinta-feira (04)

Visão Política Análise sobre a política local, estadual e nacional.

04/10/2018 13h20
Por: Redação II
Fonte: Cidade Verde
Foto:LuccasAraújo/CidadeVerde.com
Foto:LuccasAraújo/CidadeVerde.com

A tropa de 5.408 PMs que irá atuar na segurança dos 224 municípios do Piauí, durante a votação do domingo (07), começou a se deslocar na manhã desta quinta-feira (04). Esse número corresponde a 95% do efetivo total do Estado. A polícia conta ainda com um efetivo de reserva de 100 militares.  

De acordo com o coordenador geral de operações da Polícia Militar, coronel Márcio Oliveira, a atuação da polícia ocorrerá em parceria com a Justiça Eleitoral. “Estamos seguindo mais uma etapa do nosso planejamento prévio que foi apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e aos juízes eleitorais. A tropa foi instruída e ontem tivemos uma palestra com a Justiça Eleitoral no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar e todos os comandantes que vão atuar nas cidades, receberão orientação e uma cartilha”, destacou

O Piauí possui  3.608 locais de votação distribuídos entre a capital e o interior. “ Hoje fazemos o embarque da capital para o interior em 12 quartéis da Polícia Militar. Ao todo a PM coloca 5.478 PM na operação e temos 3.608 locais  de votação na capital e interior e cada local teremos pelo menos um policial militar. Eles vão chegar nos locais com a urna e vão fazer a guarda”, explicou.

Os policiais irão atuar na segurança e no combate aos crimes eleitorais como compra de votos. “Os crimes mais corriqueiros é a boca de urna, captação de eleitor, distribuição e material de campanha, o transporte irregular de eleitores. Ou no caso da flagrante. São 82 zonas eleitorais que terão cada uma um tenente-coronel ou um major. Os outros municípios terão um capitão ou tenente servindo de elo com a justiça eleitoral. Temos uma tropa reserva de operações”, disse. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.