Sábado, 20 de outubro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Cultura

23/09/2018 ás 13h05 - atualizada em 23/09/2018 ás 18h55

Redação II

Barras / PI

Barras 177 anos ás margens plácidas do rio que te acalenta
Barras 177 anos de uma gente que no retumbante grito de liberdade que nos inspira reflete nas lâminas de água o desejo de um sol de raios fúlgidos
Barras 177 anos ás margens plácidas do rio que te acalenta
Casa Rosada Sede admministrativa de Barras PI

Barras 177 anos de uma gente que no retumbante grito de liberdade que nos inspira reflete nas lâminas de água o desejo de um sol de raios fúlgidos entre o prazer sedento de um passado, na vontade de um futuro e no deleite de um presente de brilho efêmero que excita as emoções.


Barras 177 anos de um penhor desse amor sádico que é dado em dação a terra natal que nos embala tão carinhosamente entre os braços. Barras 177 anos que de teu útero social nasce uma gente que sonha tão intenso e vívido sob os campos verdejantes que te serpenteia na orgia dos que te adoram.


Barras 177 ainda tão egoísta semi nua entre todas as cidades do Piauí e menina faceira a se exibir rainha em teus anos balzaquianos, uma tendência do novo na esfera revolta do tempo dos que veneram a admiração de tuas curvas, tão supremo de um combustível orgástico impregnado na vida uma gente piauiense que retrata na carnaúba, nos versos e no babaçu da prosa cotidiana no passar do carrossel solar a força motriz do trabalho fecundo.


Barras 177 anos no diafragma de uma gente que grita pelo silêncio vaporoso da locomotiva do progresso almejado e na labuta servil de um povo. 


Barras 177 anos é um pedido de alívio capitaneado pelo egocentrismo de um povo que ri no presente e ironiza o passando.


Barras 177 anos de um só contexto social que busca na dualidade: o desenvolvimento.


Barras 177 anos vagueia tecida no tempo, costurada no dia a dia. É construída total e sim incompreendida no todo. Barras 177 anos é uma tendência aberta a si mesma, e fácil de pensá-la. (Senti-la ninguém pode.).


Barras 177 anos de sombras urbanas que compõem a essência de sua grandeza. O povo barrense sente o contexto social alheio de um todo regado as vivências e faz uso dele em detrimento do outro.


Barras 177 anos é um sonho cantado por dentro e por fora, entre dois sonhos confrangido por existir, dois mundos distantes e perfeitos como produto final do que acontece na labuta romaria do tempo.


Barras 177 anos é um longo berço natal e viver a História é o lema que prega o sentir, o posso mais, o suportar a tortura intensa da distancia de alguns filhos longe da terra natal.


Barras 177 anos é hiato da terra natal, o interregno das existências de dois povos: os barrenses de dentro e os barrenses de fora. Atores sociais que lhe cerca.


Barras 177 anos há muito tempo tenta-se negar a existência de tuas maravilhas, mas a função social do escritor é mostrar o seu mundo, dentro do mundo em que lhe foi dado viver. Para isto, o intelectual utiliza-se de palavras que figuram como seu modo de ação.


Barras 177 anos a tarefa de representar uma Barras mais na realidade, o que nem sempre é fácil, pois a escrita literária é muitas vezes condicionada pelo ambiente social, o que acaba inibindo o seu valor ideológico, prosaico, poético...


Barras 177 anos nos faz necessário, também, ressaltar a complexidade que existe nas relações entre a cidade e a própria sociedade. Tais relações levam em conta, não só, o conteúdo social dessa gente que luta, mas também sua influência na sociedade piauiense.


Barras 177 anos rasga o calendário do tempo, desfolha a folha do calendário sob velas e bolo. Barras 177 anos é a gênese e o desenvolvimento de uma cidade em cisão que parte do processo histórico geral da sociedade barrense.


Barras 177 anos é nosso hiato social é a essência e o valor estético das ruas, dos casarios sepultados, bem como a influência exercida por elas, constituem parte daquele processo geral e unitário através do qual o homem faz seu o mundo pela sua própria consciência.


Barras 177 anos se moderniza na derrubada da igreja velha da ilha velha ilha que inventa e se reinventa na romaria do tempo pelo carrossel do sol.  É o elo entre o produto de vários contextos sociais e a consciência de um povo na sua época.


Barras 177 anos é o elemento que se reflete de maneira significativa no momento da evolução de um contexto é a própria história pintada pelo pincel de todos.


Barras 177 anos sabe que determinados aspectos históricos podem influenciar um povo de certo período. Barras é mais que uma cidade é a nossa própria existência na dialeticamente íntegra, em que tanto o velho ponto de vista que explicava pelos fatores históricos, quanto o outro norteado pela convicção de que Barras 177 anos é virtualmente independente, se combinam como momentos necessários do processo de criação da cidade. (…) o externo (no caso, o social) importa não como significado, mas como elemento que desempenha certo papel na constituição da cidade, tornando-se, portanto, interno: sua gente., seu povo e território.


Barras 177 anos nos abre uma janela da consciência no tempo.  Estes dois elos: contexto social vivido, contexto social vivenciado é uma centenária influenciando e influenciável por fatores contextos sociais internos e externos na História.


Barras 177 anos, entender o tempo e a denominação ser barrense’ é focar no principal requisito de um povo absorvido no amor tão contemporâneo e presente nos corações dos barrenses. Acende-se as 177 velas e em 177 pedaços de bolo espalha pelos rincões da terra que amamos, pois a juventude emana a sua força, beirando as águas do marataoã sob um céu de raro esplendor.


 


988572_1667821976774728_6401025169401925888_n


10408871_1667426243480968_5715838105649481550_n


10502224_1667821760108083_2949201605960186291_n


11009352_1667822350108024_9119489869866284138_n


11140032_1670291666527759_2257015337745973639_n


11223302_1670128433210749_8087347404779344455_n


11223644_1670504413173151_8398559867268795367_n


11253953_1667439323479660_3181147359863223081_n


11403173_1670504726506453_5190137891419452296_n


11403321_1670197009870558_3246387110108730244_n


11535667_1667441290146130_3059616126404364861_n


11540920_1670130473210545_8263018212518039622_n


11659243_1667821223441470_2554058848473977918_n


11659256_1667765013447091_2578844055925341204_n


11659270_1667424630147796_1761808847657823745_n


11666058_1670246966532229_275073754569847042_n


11666192_1667438980146361_5925507041790969256_n


11692790_1670200649870194_6170841799735754720_n


11709524_1670507356506190_7363133100935569035_n


12002935_1699231376967121_835727884217498949_n


12004115_1699132416977017_2182751634941160070_n


12039248_1699231356967123_7657455650456021154_n


12049740_1699231366967122_361103010993669637_n


12065948_1710423812514544_4613014118092873214_n


12109237_1708879192669006_7838043639483401413_n


12189162_1711993775690881_3350747843606991395_n


12195772_1711693575720901_8840399602301966185_n


12195936_1711993675690891_5075185495537203588_n


13438828_1803079436582314_5274607397894443048_n


14963172_1871418326415091_4644519829560483698_n

FONTE: PVPI

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Sem foto

Visão Política

Blog/coluna Análise sobre a política local, estadual e nacional.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium