Sábado, 14 de dezembro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Política

22/09/2018 ás 18h38

Redação II

Barras / PI

Veja chances para federal e estadual na pesquisa Amostragem
Instituto Amostragem realizou, sob encomenda do Grupo Meio Norte de Comunicação, pesquisa de intenção de voto espontânea entre os dias 15 e 18 de setembro, ouvindo 1.137 eleitores, em 47 municípios do Piauí.
Veja chances para federal e estadual na pesquisa Amostragem
Fabio Abreu lidera nas intenções de votos dos piauienses em todo Estado

Os eleitores piauienses que vão às urnas no dia 07 de outubro votarão para renovar as 10 cadeiras do estado na Câmara. São 131 candidatos a deputado federal aptos a receber o voto na urna e o Instituto Amostragem realizou, sob encomenda do Grupo Meio Norte de Comunicação, pesquisa de intenção de voto espontânea entre os dias 15 e 18 de setembro, ouvindo 1.137 eleitores, em 47 municípios do Piauí.


O presidente do Amostragem, estatístico e professor universitário João Batista Teles, explica que na pesquisa espontânea não é apresentado pelos entrevistadores a lista com os nomes dos candidatos, devendo o eleitor se manifestar de forma própria em quem pretende votar para a Câmara.


O candidato Fábio Abreu (PR) lidera a disputa para deputado federal com 3,61% de intenção de voto espontânea; seguido por dois petistas: Assis Carvalho com 2,29%; e Rejane Dias, que soma 1,85%. Os três disputam a reeleição para a Câmara.


A vice-governadora Margarete Coelho (Progressistas), que nesta eleição disputa uma vaga de deputada federal, tem 1,76% de intenção de voto espontânea; empatados com 1,41%, cada, estão Átila Lira (PSB) e Júlio César (PSD). Estão empatados também, com 1,23% cada, os candidatos Merlong Solano (PT) e Silas Freire (PRB).


O candidato a reeleição Paes Landim (PTB) tem 0,97% da intenção de voto espontânea; estão empatados Flávio Nogueira (PDT) e Drª Marina (PTC) com, cada, 0,79%. O deputado Heráclito Fortes (DEM), que tenta a reeleição, aparece com 0,70%. O ex-vereador da capital Renato Berger (Podemos) tem 0,53%; à frente da deputada Iracema Portella, candidata a reeleição, que tem 0,44%.


Com 0,35% de intenção de voto estão empatados os candidatos Ismar Marques (MDB), Adriana Sousa (PSL), Juliana Moraes Sousa (PSB) e um “candidato do PT”. Somam 0,26%, cada, os candidatos Marco Aurélio Sampaio (MDB), Roberto Arrais (PV), Joninha (Avante) e Fabíola Lemos (PT).


Os candidatos Antônio José Lira (PT), Coronel Wagner Torrer (PRP), Daniel Soares (PSB), Davina Veloso e Hélio Melo - ambos do PSDB, Irmã Graça (Rede) e Isadora (PCdoB) tem, cada, 0,18%.


O mesmo percentual de intenção de voto dos candidatos Jean Abreu (PMB), Major Elizete (Solidariedade), Socorrinha (PSDB), Sérvulo Carvalho (PV) e Samarone (PRP).


Outros candidatos somam 2,43%. Os eleitores indecisos na definição do voto para deputado federal somam 67,55%. Já os que afirmaram que votarão em branco ou anularão o voto para a Câmara são 5,19%.


FICHA TÉCNICA - A pesquisa do Instituto Amostragem para o Meio Norte foi realizada de 15 a 18 de setembro, com 1138 eleitores, em 47 municípios de todas as microrregiões do Piauí. A margem de erro é de 2,85 pontos percentuais para mais ou para menos, e o levantamento foi registrado no TSE com o número PI-07451/2018 no dia 14 de setembro de 2018.


Image title


Coligação governista tem 8 entre os 10 primeiros 


O Piauí tem 10 vagas na Câmara dos Deputados. A representação na Casa é proporcional ao número de habitantes nos Estados. A regra das eleições também permite a formação de coligações de partidos para a disputa de deputado federal.


A aliança dos partidos da base do governador Wellington Dias (PT) tem oito candidatos entre os 10 mais citados na pesquisa do Instituto Amostragem para o Grupo Meio Norte de Comunicação.


A coligação “A Vitória com a Força do Povo”, formada pelo PT, MDB, Progressistas, PTB, PCdoB, PR, PDT, PSD e PT, tem no top 10 na intenção de voto espontânea para deputado federal os candidatos Fábio Abreu [3,61%], Assis Carvalho [2,29%], Rejane Dias [1,85%], Margarete Coelho [1,76%], Júlio César [1,41%], Mainha [1,23%], Merlong Solano [1,23%] e Paes Landim [0,97%].


Entre coligações e partidos de oposição ao Executivo, duas têm candidatos a deputado federal entre os 10 com as maiores intenções de voto na pesquisa do Amostragem. São eles: Átila Lira, da coligação “Piauí de Verdade II” formada pela união do PSDB, PSB e DEM. E Silas Freire, da coligação “Mudar Para Cuidar da Nossa Gente”, que tem o Solidariedade, PMN, PRB, PPL e PTC.


Entenda como é feito o cálculo da eleição de deputado  


A eleição dos deputados segue o sistema proporcional. Diferente do sistema majoritário onde os mais votados são eleitos, o proporcional exige alguns cálculos. Os eleitores digitarão na urna quatro números para escolher seu deputado federal, os dois primeiros são sempre o do partido do candidato. Essa identificação é usada para a distribuição das vagas na Câmara.


Na apuração, a Justiça Eleitoral exclui votos brancos, nulos e abstenção para calcular o quociente eleitoral. É o número de votos que cada partido ou coligação precisa alcançar para conseguir uma cadeira no Legislativo.


Para obter o quociente eleitoral, divide-se o número de votos válidos pelo total de vagas em disputa. Em seguida, é feito o cálculo do quociente partidário, dividindo o número de votos que o partido obteve pelo quociente eleitoral.


O número inteiro da divisão, desprezando os algarismos após a vírgula, é o total de cadeiras que o partido ganha nesta primeira fase. Por exemplo, se um partido recebeu 27 mil votos, e o quociente for 10 mil, o resultado da conta dá 2,7. O partido teria direito a duas vagas.


SOBRAS - Como a divisão geralmente produz números quebrados, sobram algumas vagas que são divididas por meio de outra conta. Para as eleições deste ano foi excluída a regra que previa que a distribuição das vagas remanescentes só ocorreria para os candidatos de partidos ou coligações que tivessem atingido o quociente eleitoral.


A nova versão da lei permite que possam entrar nessas vagas, chamadas “sobras eleitorais”, candidatos de partidos que não tenham atingido esse índice. Pela nova redação do dispositivo do Código Eleitoral, “poderão concorrer à distribuição dos lugares todos os partidos e coligações que participaram do pleito”.


Marden é o líder para Assembleia; Lucy é 2ª  


Com 203 candidatos disputando 30 vagas na Assembleia, a eleição para deputado estadual é uma das mais acirradas do Piauí. Na pesquisa de intenção de voto espontâneo realizada pelo Instituto Amostragem para o Grupo Meio Norte de Comunicação, a corrida é liderada pelo deputado Marden Menezes (PSDB), candidato à reeleição, com 2,29%. Em segundo lugar aparece a candidata Lucy Soares (Progressistas), esposa do prefeito da capital Firmino Filho, que pela primeira vez disputa um cargo eletivo, com 1,67%.


Severo Eulálio (MDB), tem 1,58% de intenção de voto estimulada; seguido por Jôve Oliveira (PTB) com 1,41% e Nerinho (PTB) com 1,32%. Estão empatados com 1,23%, cada, dois candidatos petistas: Fábio Novo, que tenta a reeleição, e Warton Lacerda.


Wilson Brandão (Progressistas) vem em seguida com 1,14%; e logo depois estão empatados com 1,06%, cada, Georgiano Neto (PSD) e Pablo Santos (MDB). Os três candidatos disputam a reeleição à Assembleia.


Estão empatados com 0,97%, cada, os candidatos Oliveira Neto (PPS) e Janaínna Marques (PTB). Em seguida aparecem com 0,88%, cada, Paulo Martins (PT) e Dr. Hélio (PR).


A pesquisa mostra seis deputados ou suplentes que assumiram o mandato que tentam a reeleição empatados, cada, com 0,79%. São eles: Antônio Félix (PTC), Belê Medeiros (Progressistas), Evaldo Gomes (PTC), Fábio Xavier (PR), Gustavo Neiva (PSB) e Hélio Isaías (Progressistas).


Com 0,70%, cada, estão os candidatos a reeleição Limma (PT) e Flávio Nogueira Jr (PDT); em seguida aparecem Francisco Costa (PT), Júlio Arcoverde (Progressistas) e Themístocles Filho (MDB), cada, com 0,62%.


O deputado Firmino Paulo (Progressistas), candidato a reeleição, tem 0,53%; Henrique Pires (MDB), Zé Filho (PSDB) e Rubem Martins (PSB) somam, cada, 0,44%. João Mádison (MDB), outro candidato à reeleição, Paulo Roberto da Iluminação (PRP) e Valdemir Virgino (PRP) tem, cada, 0,35%.


Estão empatados com 0,26%, cada, estão os candidatos Magalhães (PT), Liziê Coelho (MDB), Fernando Monteiro (PRTB), Coronel Carlos Augusto (PR), Francis Lopes (PTC), Franzé (PT), Joãozinho da Unimagem (PRTB).


Na sequência, com 0,18%, cada, estão empatados: Sérgio Bandeira (Podemos), Tererê (PTC), Devan Eugênio (PR), Dr.


Lázaro (PPS), Genaldo Sousa (PHS), Jânio Bina (PSDB), João de Deus (PT), Tiago Vasconcelos (PHS), Missionário Bill (PPS), Teresa Britto (PV), Bilu (MDB) e Zé Santana (MDB).


Outros candidatos juntos somam 2,25%. Os eleitores indecisos são 59,19%. E os que votariam em branco ou anulariam o voto somam 5,36%.


Image title


Dos 30 primeiros, 23 são de partidos da base do Governo  


Entre os 30 candidatos a deputado estadual mais citados na pesquisa do Instituto Amostragem para o Grupo Meio Norte de Comunicação, 27 estão na coligação governista “A Vitória com a Força do Povo” formada pelo PT, MDB, Progressistas, PR, PDT, PSD, PC do B, PTB e PRTB. São eles: Lucy Soares [1,67%], Severo Eulálio [1,58%], Jôve Oliveira [1,41%], Nerinho [1,32%] Fábio Novo [1,23%], Warton Lacerda [1,23%], Wilson Brandão [1,14%], Georgiano Neto [1,06%], Pablo Santos [1,06%], Janaínna Marques [0,97%], Paulo Martins [0,88%], Dr. Hélio [0,88%], Belê Medeiros [0,79%] e Fábio Xavier [0,79%].


Além de Hélio Isaías [0,79%], Limma [0,70%], Flávio Nogueira Jr [0,70%], Francisco Costa [0,62%], Júlio Arcoverde [0,62%], Themístocles Filho [0,62%], Firmino Paulo [0,53%], Henrique Pires [0,44%] e João Mádison [0,35%].


A coligação “Piauí de Verdade III”, formada pela união do PSDB, DEM e PSB, formada por partidos que apoiam o candidato a governador Luciano Nunes (PSDB), tem quatro candidatos entre os mais citados: Marden Menezes [2,29%], Gustavo Neiva [0,79%], Zé Filho [0,44%] e Rubem Martins [0,44%]. E a coligação “Resistência Pelo Piauí III”, formada pelo Podemos / PV / PRP / Patriota / PPS / Avante / Rede e PHS tem entre os primeiros o candidato Oliveira Neto [0,97%].

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Sem foto

Visão Política

Blog/coluna Análise sobre a política local, estadual e nacional.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium