Sábado, 20 de outubro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Esportes

09/09/2018 ás 09h54 - atualizada em 10/09/2018 ás 08h25

Direto da Redação

Barras / PI

Flamengo vence a Chapecoense e espanta má fase
O pé direito de Renê abriu o placar e mudou o rumo da partida
Flamengo vence a Chapecoense e espanta má fase

Um lance no fim do primeiro tempo foi sintomático do Flamengo que sofria contra a Chapecoense como penou contra o Ceará um fim de semana antes. Após falta sofrida no lado direito do ataque, Éverton Ribeiro pegou a bola e bateu rápido, sem olhar que Rodinei não estava ali, entregando a bola para os catarinenses. Para alívio geral da nação rubro-negra, antes do intervalo chegar e das dificuldades aumentarem, o pé direito de Renê abriu o placar e mudou o rumo da partida.


O Rubro-Negro que voltou a vencer (2 a 0 contra a Chapecoense, nessa noite de sábado, no Maracanã) depois de três rodadas - com um empate (2 a 2 com o América-MG) e duas derrotas (Ceará, 1 a 0, e Inter, 2 a 1) - trouxe boas notícias para Mauricio Barbieri. A maior delas é Willian Arão. Elogiado pelo treinador e curiosamente preterido em diversos momentos da temporada.


Arão pode não ser o jogador mais vibrante que a torcida muitas vezes exige. Mas cumpre papel importante, com presença na área, tabelas e jogadas pelo lado direito e, embora não tenha o desempenho deste sábado sempre, com algum poder de marcação - ontem, ninguém roubou mais bolas do que ele na partida (cinco desarmes).


O retorno de Berrío - depois de quase 11 meses fora - também cria nova alternativa para o ataque. Hoje, o Flamengo tem para o lado direito do ataque apenas Éverton Ribeiro - Geuvânio atuou pouco com Barbieri.


Barbieri modificou novamente o ataque. Escalou Uribe, o quarto atacante em quatro jogos diferentes. Após a partida, questionado sobre o modelo de jogo que desfavoreceria os atacantes testados - o colombiano, por exemplo, não finalizou sequer uma vez a gol (foram 15 tentativas do Fla ao todo) -, o técnico mostrou crença na recuperação dos homens de área, que "na hora oportuna vão nos ajudar".


O primeiro tempo nervoso provocou erros e não foram poucos. Vitinho terminou a partida com seis cruzamentos e quatro passes errados. Diego e Éverton Ribeiro também falharam em cinco tentativas de colocar a bola na área - o camisa 10 fez sete lançamentos errados, de acordo com o levantamento do site "Footstats". Barbieri não atribuiu os erros à ansiedade da equipe.


- Não senti a equipe ansiosa não. O gramado não contribuiu para nosso tipo de jogo. Os adversários também reclamaram bastante. Isso nos atrapalhou muito, principalmente para quem busca o último passe. Mas fomos guerreiros. Mesmo quando vencíamos por 2 a 0, com placar seguro, continuamos colocando atacantes e buscando chances de gol - justificou.


Ironicamente, a surpresa da noite, o lateral Rodinei, que voltou a jogar no lugar de Pará, foi quem criou a jogada de gol, com dois cruzamentos na medida em sequência - o segundo, após jogada individual na direita. Diego pegou o rebote e rolou para o golaço de Renê.


Num jogo de poucos sustos na defesa, o Flamengo teve mérito de arriscar mais. Chutou bastante a gol, mesmo muitas vezes sem perigo - casos de Éverton Ribeiro e Piris na primeira etapa. Ou de Diego, que tentou bonita bicicleta.


Barbieri ganhou novas opções para armar a equipe com Arão e o retorno de Berrío. Pode optar por um volante (Cuéllar ou Piris), com Arão, mais dois meias à frente (Diego e Paquetá) e Ribeiro com Vitinho ou outro atacante.


Vitinho tentou jogar pelo lado do campo, mas foi bem marcado pelo lado esquerdo. Contra o Internacional, atrás dos atacantes, se movimentou com mais desenvoltura e teve o campo mais aberto para atuar. Encaixar o talentoso jogador no setor ofensivo é um desafio para o treinador.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium