Terça, 22 de maio de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação CNPJ 17.061.655/0001-72

25º

Min 22º Max 27º

Nublado

Barras - PI

às 20:25
Municípios

06/05/2018 ás 20h20 - atualizada em 06/05/2018 ás 20h24

Redação II

Barras / PI

Homem mata a pauladas a vizinha em cidade do Piauí
Reginaldo foi preso na localidade Jenipapo, na zona Rural do município de Nossa do Senhora de Nazaré Piauí.
Homem mata a pauladas a vizinha em cidade do Piauí
Acusado do crime

Policiais militares do 15º BPM prenderam na tarde deste domingo (06 de maio de 2018), um homem identificado como Reginaldo Soares dos Santos, 36 anos. Ele é acusado de ter matado uma vizinha a pauladas durante uma discussão ocorrida na madrugada de hoje. Reginaldo foi preso na localidade Jenipapo, na zona Rural do município de Nossa do Senhora de Nazaré.


De acordo com o major Etevaldo Alves, comandante da PM de Campo Maior, tudo começou depois que a vítima, de nome Silvana Maria da Paz Ferreira, chegou de uma festa. Antes de adentrar em casa, ela teria cruzado com o vizinho na porta e os dois teriam começado uma discussão por motivos ainda desconhecidos. “A informação que temos é que o desentendimento dos dois não é recente e que eles já costumavam brigar com frequência. Quando o prendemos, ele disse que a vítima costumava se referir a ele com palavras de baixo calão e que ele não suportou mais as ofensas. Tudo ainda vai ser devidamente apurado e documentado, porque por mais que houvesse conflitos, nada justifica o que foi feito”, explicou o major Etevaldo.


Durante a discussão, Reginaldo apanhou um pedaço de madeira e desferiu um forte golpe contra a cabeça de Silvana, que caiu desacordada. Logo em seguida, ele fugiu do local, mas os vizinhos, que perceberam a movimentação, acionaram a polícia e providenciaram o socorro à vítima. Ela foi encaminhada ainda com vida ao Hospital Regional de Campo Maior, mas pouco depois de dar entrada, acabou morrendo. O major Etevaldo explicou que, quando a PM recebeu informações do ocorrido e iniciou as buscas, não sabia que se tratava de um caso de feminicídio.



  1. “Sabíamos só que a vítima estava com vida e até estávamos lidando com um caso de agressão. Só depois que o hospital comunicou a gravidade do ferimento e seu óbito foi que entendemos que se tratava de um crime letal contra a vida e imediatamente acionamos nosso serviço de inteligência, que localizou pessoas próximas ao Reginaldo e nos informaram com exatidão o local onde ele estaria”, disse. Reginaldo não ofereceu resistência à prisão e confessou a autoria do crime. Ele foi autuado em flagrante por crime de feminicídio e encaminhado para a Delegacia da Cidade, onde permanece até amanhã, quando será ouvido pelo delegado e transferido para o sistema prisional.

FONTE: Realidade em foco

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium