Sexta, 17 de agosto de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação CNPJ 17.061.655/0001-72

26º

Min 25º Max 36º

Céu limpo

Barras - PI

às 04:12
Cultura

06/05/2018 ás 13h43 - atualizada em 06/05/2018 ás 16h49

Redação II

Barras / PI

Salipi 2018 faz homenagem ao barrense ArimatéiaTito Filho
Arimathéa Tito Filho ocupou a cadeira 29 da Academia Piauiense de Letras (APL)
Salipi 2018 faz homenagem ao barrense ArimatéiaTito Filho
Reprodução

A parceria entre a Universidade Federal do Piauí (Ufpi) e a Fundação Quixote continua para a realização do Salão do Livro do Piauí (edição 16). O interesse foi firmado na última quarta-feira (11/04) e os trabalhos seguem para a organização do evento, confirmando Márcia Tiburi, Luiz Ruffato e José de Nicola como escritores nacionais. O homenageado deste ano é o articulista piauiense Arimathéa Tito Filho.



Além do reitor José de Arimatéia Dantas, Kássio Gomes, presidente da Fundação Quixote (Foto: Édrian Santos)



Além do reitor José de Arimatéia Dantas, Kássio Gomes, presidente da Fundação Quixote, e demais membros da equipe responsável pelo maior evento literário do Piauí estiveram presentes na reitoria da Ufpi para firmarem a parceria. O 16ª Salipi será realizado de 01 a 10 de junho, no Complexo Cultural Rosa dos Ventos, localizado próximo à Biblioteca Central da Ufpi.


QUATRO ANOS NA UFPI


Pelo quarto ano consecutivo, a Ufpi é parceira na realização da maior feira de livro do estado. “A Ufpi está colaborando para a realização exitosa do maior evento literário cultural do Piauí. Me sinto muito feliz como Reitor de poder contribuir com a cultura e com a literatura do estado”, destacou o magnífico.


O HOMENAGEADO


Arimathéa Tito Filho ocupou a cadeira 29 da Academia Piauiense de Letras (APL), tendo o próprio pai, o desembargador José de Arimathéa Tito, como primeiro ocupante. Tomou posse em 1964, em solenidade no Clube dos Diários. Quando o então presidente da casa faleceu, em 1971, o homenageado pelo Salipi passou a presidir a APL.


NOVIDADES


A 16ª edição do Salipi contará com muitas novidades. Segundo o Presidente da Fundação Quixote, Kássio Gomes. “O Salão do Livro chega a sua décima sexta edição trazendo grandes nomes da cultura nacional. Já estão confirmados os escritores Luiz Ruffato, Márcia Tiburi e José de Nicola. Além disso, estamos trazendo outras novidades no campo teen que vão agradar ao público”. Na programação do evento, palestras, bate-papo literário, apresentações artísticas e culturais.


 


Quem é Arimatéia Tito Filho?


José de Arimathéa Tito Filho nasceu em Barras, a 27 de outubro de 1924. Era filho do desembargador José de Arimathéa Tito e Nise Rego Tito. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, dedicou sua vida às letras.

 

Dono de um rico curriculum, exerceu várias atividades em Teresina. Foi fiscal previdenciário, professor e escritor.

 

Como professor, ensinou OSPB e Estudos Sociais no Colégio Estadual do Piauí, hoje Zacarias de Góis; sociologia Educacional na Escola Normal Oficial; Língua e Literatura Portuguesas na antiga Faculdade Católica de Filosofia. Foi diretor do Colégio Estadual do Piauí.

 

Foi interventor federal na Federação de Futebol do Piauiense de Futebol. Consultor jurídico e Presidente da extinta comissão de Abastecimento e Preços do Piauí. Foi chefe de Grupo Executivo de Administração do Ministério da Agricultura.

 

Foi secretário geral e presidente da Academia Piauiense de Letras, desde 1971. Foi um dos fundadores e primeiro presidente da Associação dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí, logo transformada em Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí. Foi membro do Conselho Estadual de Cultura.

 

Foi secretário de Cultura e de Educação do Piauí. Secretário da Biblioteca, Arquivo e museu do Piauí (Casa Anísio Brito). Assessor do Comando Geral da Polícia Militar. Atuou como membro da Comissão de Levantamento Cultural do Piauí e Presidente do Grupo de Trabalho de Readaptação do Ministério da Agricultura no Piauí.

 

Foi um dos criadores do Plano Editorial do Estado. Membro de Comissões Julgadoras de Concursos Literários da Secretaria de Cultura, da Academia Piauiense de Letras, da Universidade Federal do Piauí e de outras instituições culturais e artísticas. Membro da Comissão Julgadora do Concurso de Reportagem Paulo de Tarso Moraes da Prefeitura de Teresina.

 

Membro da Comissão Julgadora do Concurso de Português e Francês do Ministério da Educação e Cultura. Membro da Comissão Organizadora do Centenário de Nascimento de Da Costa e Silva. Presidente da Comissão Julgadora do Concurso de Contos João Pinheiro da Fundação Cultural do Piauí. Membro da Comissão Julgadora do Concurso Martins Fontes, por ocasião do Centenário de Nascimento do autor. Membro da Comissão de Concurso de Dramaturgia da Fundação Cultural do Piauí. Membro-examinador do Concurso José Lins do Rego do Banco do Nordeste.

 

A. Tito Filho recebeu convites os mais diversos para figurar em altos cargos fora do Piauí. Porém, o seu amor por esta cidade fez com que ele recusasse todos estes cargos. A. Tito Filho deixou isso registrado em "Teresina Meu Amor" e em centenas de artigos publicados nos jornais da terra.

 

In: Cadernos de Comunicação: A. Tito Filho. - novembro, 1994, editado pelo Sindicato dos Jornalistas do Piauí.

FONTE: Portal Oito e meia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium