Sábado, 15 de dezembro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Tecnologia

04/04/2018 ás 08h48 - atualizada em 04/04/2018 ás 11h07

Redação II

Barras / PI

Fábrica de torres eólicas será inaugurada no Piauí e fomenta a geração de empregos
A empresa irá fabricar torres e fornecer equipamentos para serem usados em parques eólicos no Piauí.
 Fábrica de torres eólicas será inaugurada no Piauí e fomenta a geração de empregos
Reprodução

Teresina PI - A inauguração das instalações da Fábrica de Torres Eólicas Acciona/Nordex, em Lagoa do Barro, 540 km de Teresina, acontecerá nesta sexta (6). A empresa irá fabricar torres e fornecer equipamentos para serem usados em parques eólicos no Piauí. Na mesma ocasião, o governador fará uma visita técnica para conhecer a estrutura da indústria. O governador Wellington Dias (PT) irá prestigiar a inauguração.


 Segundo a assessora estratégica para Atração de Investimentos do Governo do Piauí, Lucile Moura, a fábrica irá gerar 480 empregos diretos vinculados à atividade da empresa no Brasil. “Muitos piauienses serão beneficiados com a empresa. Os empregados terão uma remuneração inicial média de R$ 1.200. Pelo menos R$ 800 mil irá movimentar a economia da região”, afirmou Lucile. 

A empresa Acciona/Nordex irá fabricar insumos para parques eólicos que irão abastecer, inclusive, os parques do estado, que não precisarão importar as torres de 120m que sustentam as hélices e o aerogerador. Em pelo menos, 60 dias a primeira remessa de torres já estará pronta para ser transportada aos parques.  Ainda segundo Lucile Moura, “os investidores vieram em parceria com a Atlântic, que já está instalando um Parque Eólico que irá utilizar 78 torres, mas, em função de outros projetos, entenderam ser importante construir a fábrica na região”.


O Complexo Eólico de Lagoa do Barro terá oito parques e potência instalada de 195 MW (megawatts), gerados por 65 aerogeradores distribuídos em uma área de 2.854 hectares.  O governador Wellington Dias foi à Espanha visitá-los, em 2016, quando a crise financeira do país os assustou, mas confiaram na estrutura de apoio do Estado e resolveram manter o investimento de cerca de R$ 20 milhões. 

FONTE: Cidade verde

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium