Quinta, 18 de outubro de 2018
86 99570 3774 - Atual Sistema de Comunicação
Geral

13/03/2018 ás 16h11 - atualizada em 13/03/2018 ás 19h02

Direto da Redação

Barras / PI

Projeto Rondon fará intervenção em 20 municípios piauienses
A capacitação envolve a ação conjunta dos voluntários do projeto e das Prefeituras, por meio da realização de minicursos, palestras e ações de intervenções no dia-a-dia das comunidades.
Projeto Rondon fará intervenção em 20 municípios piauienses
Projeto Rondon fará intervenção em 20 municípios piauienses (Foto: Reprodução / Portal o DIA)

O Piauí receberá intervenção do Projeto Rondon em pelo menos 20 municípios em 2019. É esta a proposta apresentada hoje (13) pelo Ministério da Defesa à Associação Piauiense das Prefeituras Municipais (APPM) durante reunião. A intenção é realizar no Estado projetos de capacitação nas áreas da Educação e Saúde, trazendo 300 colaboradores. A capacitação envolve a ação conjunta dos voluntários do projeto e das Prefeituras, por meio da realização de minicursos, palestras e ações de intervenções no dia-a-dia das comunidades. 


 

 


Serão priorizados os municípios que apresentam os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), conforme suas necessidades, e a previsão é que o projeto se estenda das cidades do Sul do Piauí até o litoral. Com o plano de ação traçado, a previsão é que as equipes do Projeto Rondon cheguem ao Piauí em janeiro e julho de 2019. O projeto, que já desenvolve ações em prol da responsabilidade social e coletiva há 50 anos, vai contar ainda com o apoio do Governo do Estado e do Exército Brasileiro.



O coronel Hidenobu Yatabe, coordenador do projeto, explica: "nós vamos capacitar os professores para atuar em consonância com as necessidades de sua comunidade, preservando o meio ambiente, priorizando a reciclagem, a sustentabilidade. Por exemplo, temos uma frente de atuação junto às merendeiras das escolas para evitar o desperdício, trabalhar o reaproveitamento residual e garantir a boa utilização dos recursos naturais".


Na área da saúde será priorizada o atendimento humanizado, principalmente para as comunidades mais carentes onde a atenção básica ainda pode e deve ser melhorada. Inclui-se nesta frente de atuação campanhas de prevenção com conscientização da população, bem como a ajuda no combate a epidemias. As ações do Projeto incluem ainda o aproveitamento de ações das prefeituras e o diálogo com os gestores públicos, para que haja fortalecimento na atuação. 


"Nós procuramos trabalhar sempre com um ano de antecedência porque vamos ter que divulgar edital de chamamento para os colaboradores e preparar toda a estrutura para recebê-los. Os professores das universidades contempladas vão ter que estudar a realidade de cada município onde vamos atuar, e traçar as propostas de intervenção que serão feitas", explicou o coronel Yatabe. Os voluntários deverão apresentar de 15 a 20 propostas de ação nas áreas contempladas pelo Projeto Rondon no Piauí.


Amanhã os representantes do Projeto Rondom se reúnem com representantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no Palácio de Karnak, para discutir o apoio do Governo nas intervenções no Estado.

FONTE: Portal O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium